sexta-feira, 22 de março de 2013

Dia 22 de Março - Dia da Água

Bom pessoal, hoje é o Dia Mundial da Água, e nós, que sempre estamos por sobre, ela devemos comemorar e difundir mais este dia tão importante!


Não basta apenas navegar todos os fins de semana, devemos ter a consciência de que este bem natural está correndo risco... Já mostramos aqui mesmo no blog a imensa quantidade de lixo e esgoto que despejam na represa Billings diariamente, e isto está muito longe de mudar, por isso, devemos a cada dia mais transformar nossos hábitos e mudar nossa rotina para, futuramente, ter um resultado positivo!
 


Por estarmos tão acostumados com esta imensidão de água, muitas vezes não nos damos conta da falta de água que existe - muitas pessoas não possuem acesso à água aqui no Brasil, e a água que temos a sorte de ter é destratada pela grande maioria da população e principalmente pelos governantes! Novamente citarei o bombeamento do Rio Pinheiros (poluído) para a Billings... Não sabemos o motivo que impulsiona este bombeamento, mas a falta de infraestrutura desta cidade com certeza contribui para isso!  

Antes deste período de chuvas, o nível da Represa Billings baixou muito e extremamente rápido, nós não sabíamos o motivo, mas logo após as chuvas seu nível voltou a se restabelecer... Acreditamos que  toda a água da cidade escorre para os rios Pinheiros e Tietê, e para que eles não elevem seu nível invadindo a cidade, suas águas acabam sendo jogadas na Represa Billings... Que sempre sofre as consequências  tendo que se reestruturar biologicamente a cada ciclo! Temos a sorte de possuir ainda muitos peixes e algas saudáveis que filtram e conseguem equilibra-la...

Espero que compreendam e vejam que a Billings não é somente uma parte da cidade... ela é de extrema importância para todos! Então ajude a mantê-la e a divulgar sua grandeza!

Bons Ventos e Feliz Dia Mundial da Água!

Nos sigam também no Twitter
@SergioCavelha 




sexta-feira, 8 de março de 2013

reforma de veleiros e lanchas ,madeira e fibra

Boa noite,vou fazer um pequeno comentário sobre reforma de lanchas e veleiros sendo este de qualquer material que foi construído. Estou notando a tempos a falta de mão de obra para nossos barcos,eu como sempre tive oficina fiz minha própria manutenção,e construção.Porem vários amigos passam por mãos de maus prestadores de serviço,isso vem ocasionando o desprezo de nossos barcos cuidado com estas pessoas,não sabem nem utilizar o bem que ele ira reformar ou restaurar.Vejo os absurdos que eles falam para pegarem o cliente depois,estouram no prazo,material de baixa qualidade e um acabamento terrível . 

Tenho aqui no blog algumas reformas que fiz,estou fazendo outras no galpão de casa onde tenho a oficina,tanto de carros como de barcos,antes de fazer alguma reforma em seu barco de uma boa sondada no que este prestador ja fez.   
Certa vez fui comprar um veleiro de madeira na Guarapiranga em SP,um pequeno velejador de serca de uns dez anos me falou,Sergio barco e para dar alegria não dor de cabeça,lembro bem deste fato ,e ele ia tirando da água seu pequeno op,tive uma conversa com este velejador por um bom tempo ate ele desmontar seu veleiro para guardar,um cuidado que dava gosto de ver,ali sim tinha pouca idade mas muita experiencia, conversei com ele que eu mesmo,reformava,mostrei algumas fotos no celular, ele me questionou por varias vezes e fui explicando a ele. No final me falou que estava velejando ali pois seu pai estava com problemas com mão de obra para sua lancha em Bertioga, uma 33 pés.
Ele teve a pureza de uma criança para me alertar e a atitude de um homem para que eu não caísse no papo de nenhum oportunista,pois via o que seu pai estava passando.
Então vamos ter cautela.......

                Bons Ventos 


segunda-feira, 4 de março de 2013

Represa Billings - Mapa

Pessoal, estava pensando estes dias no tamanho da Represa Billings. Quem navega por ela sabe que, sem sombra de dúvidas, a Billings é extremamente maior do que a Guarapiranga por exemplo. Então, lí que a superfície da Billings corresponde à cerca de 106,6 Km²! Seus inúmeros braços e canais formam muitos caminhos e escondem lugares incrivelmente lindos e lugares que exigem extrema atenção ao navegar por serem regiões de mata fechada onde existem troncos de árvores submersos, um exemplo é a região da aldeia indígena Kurucutu!

Então, para termos uma noção melhor de como é a Represa Billings, fiz um mapa juntando as peças! Deem uma olhada e comentem!


Se quiserem um exemplar me mandem um e-mail ou Tweet, que eu explico algumas locações, trajetos perigosos, a localização da Marina, etc.
Bons Ventos!